Orçamento de casamento: como ele deve ser feito?

Após o pedido de casamento, é hora de iniciar as buscas por fornecedores e inspirações para o grande dia, que consumará a união do casal. Para organizar um evento tão especial como este, é preciso tempo, dedicação e, sim, um orçamento. Afinal, é importante ter definido com clareza quanto poderá ser gasto e o que será incluso na festa ou cerimônia.

Entretanto, muitos ainda têm dúvidas sobre como fazer esse planejamento de maneira eficiente, sendo uma base para os noivos ao controlar os custos.

Se você quer descobrir como elaborar um orçamento de casamento certeiro para garantir um dia inesquecível sem ter prejuízos financeiros, continue a leitura deste post!

Saiba quanto é possível gastar

O primeiro passo é saber quanto poderá ser gasto com o casamento. Mas esse valor precisa estar dentro da realidade dos noivos, levando em conta as prioridades, poder aquisitivo e outros fatores.

Sem essa informação, fica difícil você selecionar quais são as opções mais compatíveis com o que você deseja. Ou seja, as chances de os gastos saírem do controle são maiores. Por isso, determine um valor médio para todos os gastos relacionados ao assunto.

Além disso, se os pais estão dispostos a ajudar nas despesas do casamento, é importante considerar qual será a quantia ou quais aspectos serão pagos por eles. 

Por exemplo, se os pais dos noivos pagarão as despesas associadas à recepção na festa, como o buffet, bebidas e outros, é essencial incluir isso no orçamento. Dessa forma, você conseguirá ter uma organização maior de todas as informações.

Defina a lista de convidados e as atrações

Planejar a lista de convidados é um momento temido por muitos noivos, já que nem sempre é possível convidar todos aqueles que, inicialmente, gostaríamos. E saber qual será a quantidade de pessoas presentes em seu casamento é um ponto crucial para que todos os outros itens sejam definidos.

A partir deste número, também defina quais serão as atrações que vocês gostariam de contratar, seja para a festa ou para a cerimônia. Fazer isso ajuda a resolver questões, como buffet, lembrancinhas e assim por diante. 

Separe um valor para imprevistos

Muitos casais gastam mais do que a quantia definida no início do planejamento. Isso ocorre porque, em alguns casos, os imprevistos não são considerados. Essas despesas extras, que são adicionadas no decorrer da organização, também precisam fazer parte do orçamento.

No entanto, não é possível saber com antecedência qual será o valor gasto de forma exata. Então, defina quanto será guardado de acordo com a sua disponibilidade financeira, assim, evite que surpresas prejudiquem seus planos iniciais.

Lua de mel e a roupa dos noivos são alguns exemplos nesse sentido, já que nem sempre os noivos contabilizam esses custos.

Faça um chá de panela

Uma dica para aqueles que desejam economizar é o chá de panela, que pode ser um evento simples, com jogos e brincadeiras relacionadas ao casamento. É uma excelente oportunidade também para garantir utensílios domésticos, porque os convidados presenteiam o casal com objetos para a casa nova.

Dessa forma, você pode investir mais em outros detalhes do casamento, porque grande parte dos itens que precisam ser adquiridos para o dia a dia você já ganhará no chá de panela. Além de ser um momento de descontração com amigos e familiares, é uma forma de economizar.

O orçamento de casamento é um importante passo do planejamento para esse dia especial. Sem isso, o casal não consegue ter um controle certeiro dos gastos e também não visualiza quais são as suas prioridades. Alguns aspectos ajudam a diminuir os gastos com essa nova etapa, como fazer um chá de panela e também separar um valor para imprevistos.

Gostou deste conteúdo? Aproveite a visita e saiba como planejar sua lista de casamento com ajuda do nosso site!

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *